Agosto, o mês do corretor de imóveis

3 minutos para ler

Ser corretor de imóveis é sim uma profissão!

Neste mês de agosto, mas exatamente na data de hoje, comemoramos o Dia do Corretor de Imóveis, esse profissional que estuda, se capacita e com muita dedicação é a ponte entre um indivíduo e a concretização de um lar.

Preparamos uma retrospectiva em nosso Blog para contar um pouquinho sobre a história da corretagem, vem ver!

Desde quando ser corretor é profissão?

Desde que o mundo é mundo as pessoas precisam se abrigar em algum lugar!

No Brasil, desde a colonização, onde os Portugueses vieram ocupar os litorais, pessoas já faziam da intermediação de lugares para residir, um trabalho remunerado.

Nos primeiros anos da colonização do Brasil já existia uma preocupação com a comercialização e o registro dos imóveis comprados que alguém no futuro iria herdar.

A propriedade era adquirida pela “tradição”, ou seja, pelo fato material da entrega da coisa, pela transferência da posse ao adquirente, não sendo registrada a presença formalizada de um intermediador na comercialização de imóveis.

A transação era realizada pelo proprietário e, esporadicamente, por um comerciante local, que em sua venda fazia a divulgação do imóvel para a compra, venda ou aluguel, a pedido do proprietário. Logo, isso já era um papel de um bom corretor de imóveis!

Leia também: Por que o suporte de um corretor é indispensável?

O primeiro anúncio de imóvel e a regulamentação

Em 07 de novembro de 1825, na primeira edição do Diário de Pernambuco, o jornal mais antigo da América Latina, já publicava uma série de anúncios de imóveis para compra e venda.

Em 1950 são criadas as primeiras imobiliárias, e com isso, a necessidade de fiscalização para manter a atuação do profissional do mercado imobiliário com diretrizes.

A profissão era exercida, mas não era regulamentada e por esse motivo no ano de 1959, foi fundada a Associação Profissional dos Corretores de Imóveis de Pernambuco, ponto de partida que ensejaria a transformação da Associação no sindicado dos Corretores, reconhecido pelo governo federal através da competente carta sindical ditada em 1962.

À partir de então, a profissão passou a necessitar uma regulamentação. Após muito empenho dos corretores de imóveis, no Congresso Nacional foi aprovada a Lei 6.530 de 12/05/1978 e seu decreto regulamentador nº 81.871/78 de 29/06/1978, criando o Curso Técnico em Transações Imobiliárias (T.T.I.) e a elaboração do Código de Ética do Corretor de Imóveis.

Foi então que o dia 27 de agosto se tornou o “Dia do Corretor de Imóveis”.

Para profissionalizar ainda mais a área que segue em constante crescimento desde sempre, foram criados cursos de graduação e cursos técnicos, como o Técnico em Transações Imobiliárias, Tecnologia em Negócios Imobiliários, Pós-Graduação em Negócios do Mercado Imobiliário e outros tantos cursos livres que permitem um profissional atualizado para os desafios que a profissão trás.

Ao tomar conhecimento do início da profissão e a forma que os imóveis eram anunciados é muito interessante comparar a evolução dos processos, a seriedade das transações e mudança dos meios que hoje temos para divulgar, visitar e comprar imóveis!

No portal do Creci você encontra muitas notícias e informações que tangem o universo de um Profissional da Corretagem.

Acesse https://www.crecimg.gov.br/

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.